Quem quer entrar no mercado imobiliário para trabalhar ou que deseja comprar um imóvel precisa entender de forma clara quais são as diferenças entre um corretor de imóveis e um consultor imobiliário e, para te ajudar, preparamos um texto onde responderemos a pergunta: quais as atribuições de um consultor imobiliário?

É preciso deixar claro logo de cara que o consultor imobiliário não tem apenas a missão de vender casa e de ajudar seus clientes a encontrarem o imóvel dos sonhos. Faz-se necessário esclarecer que essa profissão tem a sua complexidade, pois tem como atribuições a prospecção, a angariação, a venda e o acompanhamento de clientes. 

Consultor imobiliário precisa ser especialista no mercado imobiliário e olhar atento para antecipar situações

Quais as atribuições de um consultor imobiliário


Quando falamos em prospecção, o consultor imobiliário deve ser especialista, porque ele deve saber como anda a variação de preços, os tipos de imóveis que estão sendo mais procurados e demais mudanças que podem impactar no estilo de vida as famílias. 

Na prospecção, é fundamental que o profissional esteja sempre atualizado tanto no segmento em que atua que é o mercado imobiliário como também sobre as tendências que envolvem esse setor. É fundamental que o consultor imobiliário tenha um olhar atento e que seja capaz de antecipar situações. 

Para conseguir tal característica, o profissional deve participar de palestras em busca de aprimoramento e, ainda, estar sempre em contato com pessoas de diferentes setores, pois como atua com investidores, ele precisará indicar para essas pessoas qual será o melhor caminho a seguir. 

Um exemplo de atribuição do consultor é a realização de uma análise de viabilidade sobre a construção de um empreendimento. Esse documento deverá conter cenários que podem acontecer em determinado período. Tais apontamentos serão necessários para que o investidor tenha os riscos minimizados e não amargue prejuízos. 

Depois disso, ele precisa atuar na angariação de imóveis. Nessa atribuição, o profissional precisa avaliar o imóvel, conseguir preparar um escopo do seu ramo de atuação, é fundamental ainda apresentar ao cliente um plano de marketing que determinará como todo o processo de vendas transcorrerá e, ainda, outras ações que são imprescindíveis para o seu sucesso profissional. 

Quando chegamos na atribuição da venda de imóveis, o consultor imobiliário só conseguirá vender se ele mostrar para o seu cliente que ele domina todos os aspectos legais que envolvem essa negociação. Para isso, o consultor deve orientar tanto o vendedor quanto o comprador a respeito dos documentos que serão necessários a fim de fechar o negócio. 

Consultor imobiliário não termina seu serviço quando finaliza uma venda

Por fim, a última, mas não menos importante atribuição do consultor imobiliário diz respeito ao acompanhamento dos seus clientes. O contato com eles não pode chegar ao fim quando o negócio é fechado. 

O consultor precisa continuar a estabelecer uma relação com o cliente, pois isso faz com que ele tenha mais chances de realizar outros negócios com essa mesma pessoa ou esse cliente pode indicar outros e assim ele continua trabalhando e se destacando.