Quer realizar o sonho da casa própria? Conheça tudo sobre o programa minha casa minha vida 2016:como funciona, novidades e como se inscrever e simular seu funcionamento!

A casa própria é o sonho de muitas pessoas, mas nem todas tem condições financeiras para isso. Se você quer sair do aluguel o Minha Casa, Minha Vida é uma boa oportunidade. Saiba tudo sobre esse programa do Governo Federal aqui nesse artigo!

O que é o Minha Casa, Minha Vida

minha casa minha vida 2016

Ter uma casa para chamar de sua é o objetivo de vida de muitos brasileiros e graças ao programa Minha Casa, Minha Vida, muitas pessoas já conseguiram realizar esse sonho. O programa financia casas populares com prestações acessíveis, ou seja, bem abaixo das prestações que seriam cobradas pelos bancos, além disso as casas do programa Minha Casa, Minha Vida, podem ser financiadas em até 30 anos.

Esse programa foi criado a fim de proporcionar desenvolvimento social das pessoas, proporcionando a elas a oportunidade de sair do aluguel e morar na sua casa própria. As construção das casas do programa Minha Casa, Minha Vida  são de responsabilidade das prefeituras dos municípios. As moradias são padronizadas e podem ser casas ou apartamentos de dois quartos, sala, banheiro e cozinha

As casas do programa Minha Casa, Minha Vida possuem uma estrutura padronizada, mas isso não impede que você faça uma reforma nela de acordo com o seu gosto, porém é preciso seguir todas as orientações que serão passadas pela construtura.


Inscrições Minha Casa, Minha Vida 2016

As inscrições para o programa Minha Casa, Minha Vida 2016 são realizadas na prefeitura da sua cidade, depois de realizado o cadastro a  Caixa Econômica Federal será a responsável por avaliar e selecionar as famílias que são aptas a participar do programa.

Para realizar as inscrições é preciso comparecer pessoalmente no local indicado pela prefeitura portando os seguintes documentos: RG, CPF, cadastro habitacional e a ficha de cadastro preenchida, comprovante de renda  dos últimos 6 meses, extrato do FGTS atualizado, imposto de renda, carteira de trabalho,comprovante de despesas, água, luz, aluguel, escola. Pessoas que não trabalham com carteira assinada devem apresentar o extrato bancário dos últimos 6 meses.

Quem pode participar do Minha Casa, Minha Vida 2016

minha casa 2016 minha vida

O Minha Casa, Minha Vida é destinado a pessoas que tenha renda familiar ( que inclui todas as pessoas que moram na mesma casa), de no máximo R$ 5000 reais, mas as taxas de juros e prestações são diferenciadas para cada faixa salarial. Por exemplo, que possui renda de até R$ 1600 reais por mês têm até 120 meses para pagar o financiamento, já quem recebe R$ 5000 reais tem 30 anos para pagar as prestações do Minha Casa, Minha Vida. Confira abaixo a tabela de juros do programa:

  • Quem possui de 3 a 5 salários mínimos de renda paga juros de 5% por ano
  • Quem possui de 3 a 6 salários mínimos de renda paga juros de 6% por ano
  • Quem possui de 6 a 10 salários mínimos de renda paga juros de 8,16% por ano

Além disso as prestações do Minha Casa, Minha Vida devem ser de no mínimo R$ 25 reais por mês e não podem ultrapassar 30% do valor da renda bruta familiar.  

Minha Casa, Minha Vida Rural

Existe também a modalidade rural do programa Minha Casa, Minha Vida. Ela é bem parecida com a modalidade urbana, mas se diferencia em que você pode optar por financiar a reforma do seu imóvel rural. Além disso o calculo dos juros do Minha Casa, Minha Vida Rural são feitos a partir da renda bruta anual, e não da renda mensal, como ocorre com a versão Urbana.

Simulação de financiamento

Se você deseja fazer uma simulação de financiamento do Minha Casa, Minha Vida é possível realizar pela internet, basta que você acesse o site da Caixa Econômica Federal www.caixa.gov.br e informar dados e a renda familiar. Assim você já realiza seu cadastro sabendo mais ou menos quanto irá pagar por mês.

 

Gostaram das dicas? Mais informações, podem deixar nos comentários!